A DERROTA É UMA PONTE. ATRAVESSE-A!

Olá! Quem de nós apesar de viver para a vitória, já não sofreu alguma derrota? Nosso time do coração então....parece óbvio que a vida seja feita de vitórias e algumas derrotas e que, portanto, não deveria ser nada difícil lidar com as derrotas. Mas não é bem assim.

Há muitas pessoas que simplesmente não admitem a derrota, a perda,  a adversidade e não sabem lidar com estas questões, tornando-se por vezes, pessoas coléricas, intolerantes, amargas e até arrogantes, pois sempre que a derrota acontece, ( e ela acontece, querendo ou não) creditam a mesma na conta de terceiros ou de fatores externos e que não lhes dizem respeito.

Estas pessoas acreditam-se invencíveis e entendem que só perdem em alguma situação por conta de outros fatores, jamais porque o outro foi melhor, ou que ele tenha falhado.

E isto tem reflexos ao longo da vida, em especial durante a fase de crescimento e socialização, onde se molda boa parte do caráter e daquilo que seremos como  pessoas no futuro. Pense: Como será ter um chefe assim? ou um marido ou esposa? Certamente será difícil e conflituoso, pois quem não sabe conviver com as derrotas, não sabe também o valor de uma lágrima, um  abraço... de um incentivo sincero e do poder da derrota.

Sim! A derrota tem poder! O poder de transformar, de ensinar e, sobretudo, de motiva r para uma virada, uma guinada no sentido e na direção dos objetivos. Já ouviu falar que aprendemos com os erros? Pois o raciocínio é o mesmo.

Uma derrota pode mostrar os pontos fracos de uma pessoa ou de uma equipe . E a sabedoria está em estudar as causas da derrota e se preparar  melhor para a próxima batalha.( sempre haverá uma próxima batalha)  A vitória e a derrota são muitas vezes, questão de detalhes.  Na vida e no esporte, a vitória de ontem não garante a vitória de amanhã. E o mesmo vale para a derrota.   

Neste quesito, o esporte de fato, tem muito a ensinar . Quem pratica  esportes, individuais ou em grupo, aprende desde cedo que se busca a vitória a todo custo, mas se a derrota acontecer, não será o fim da história. Sempre haverá um amanhã. E terá valido à pena a disputa, o empenho e a competição.

O que ficará além das valiosas lições, será a convicção que a cada derrota não deve ser lamentada, mas deve ser usada como  como degrau, ponte ou  trampolim. Obstáculos sempre vão existir. Nos cabe superá-los!

Ninguém vence sempre.  A derrota tem sim sua serventia. Ela aproxima o homem da sua humanidade, ensina a humildade que todo vencedor precisa ter, para enxergar no outro nunca um inimigo, mas um adversário, que tem valor e merece respeito. Para vencer um campeonato ou uma guerra, não é preciso vencer todas as partidas ou todas as batalhas.

Usemos a derrota a nosso favor, aprendamos com ela, aprimoremo-nos com ela! Assim, atravessaremos a ponte que ela deixou e  seguiremos em frente.

A lição que ficará é que, na vida, não há derrotas definitivas e se você não desistir, tiver garra e determinação,  então, no devido tempo,  você alcançará o sucesso e a sua vitória. Comece agora mesmo sua travessia! Até a próxima!